Resíduos de madeira transformam-se em potencial produto para acendimento de fornos

371848_918220_jpg_group_pellets__1_

Empresa parceira do JPG Group, Butiá Wood Pellets, é a 5ª. empresa existente no RS e vê potencial de crescimento de mercado para os próximos anos

Uma opção ecológica e econômica para acendimento de lareiras e fornos ganha força no mercado do Rio Grande do Sul. O material é produzido à base de biomassa de pinus oriundos de resíduos das serrarias, passando por um processo de prensagem e secagem.

– Retiramos toda umidade dele e, esse é um grande diferencial. Ao final, chega a índices próximos de 6 a 7% de umidade. Para efeitos de comparação, uma lenha tradicional entrega aproximadamente 34 a 37% de umidade – explica o diretor administrativo da Butiá Wood Pellets, André Luz.

A utilização na Europa, é muito baseada nas lareiras por conta do frio. No Rio Grande do Sul, a demanda maior é para o acendimento de fornos em padarias, cervejarias, piscinas, hotéis e grandes aviários. O produto oferece aquecimento de 4.500 kcal/kg, sendo superado apenas pelo carvão mineral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


oito − 4 =