Tecnologia ajuda consumidores com pouco tempo disponível para o almoço

Customer making payment through payment terminal at counter

Com rotina cada vez mais apertada no ambiente de trabalho, uso de tecnologias para esse público
tem se tornado um grande diferencial nos estabelecimentos

Agilidade e menos filas é tudo o que o cliente quer quando trata-se de almoço executivo. O intervalo para descanso no trabalho inclui a necessidade de refeição e, muitas vezes, outros afazeres antes de retornar ao trabalho. As tecnologias para restaurantes que servem buffet executivo a quilo e que possuem alto fluxo de clientes permitem um ganho cada vez maior no tempo de atendimento. Uma das novidades que começa a ganhar espaço no mercado é o uso do RFID (do inglês “Radio-Frequency Identification”). A identificação por radiofrequência permite através de sinais de rádio armazenar dados remotamente e é uma das facilidades que é oferecida pelo JPG Group.

– Quando o cliente chega no final do espaço destinado a se servir, ele vai até a balança e não há um atendente, como habitualmente ocorre. A partir dali ele aproxima o cartão do leitor e o software vai automaticamente fazer a inclusão dos dados no cartão para o pagamento posterior – explica a gerente de contas do JPG Group, Camila Ribeiro Waschburger.

A estimativa em um estabelecimento padrão de alto fluxo é de ganho de até 40 segundos por cliente, no atendimento. Na prática o investimento representa além da facilidade para o usuário, uma chance menor de erros de digitação e um processo mais ágil para ingresso e saída do estabelecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


6 × = vinte quatro